sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Sonhos de um sonhador

-

Um dia viverei tudo que escrevo. Serei dono do meu nariz. Sairei por aí com o tesão de quem tem fome por ondas, livre ao meu gosto, preso ao meu destino. Irei de encontro ao desconhecido, esbanjarei minha juventude, brincarei com as crianças, cantarei com os mendigos, brindarei o sol todos os dias, dando risadas em outsides pelo mundo afora.

A desculpa do dinheiro que tanto me atormenta, a cada dia perde uma batalha para meu sonho. Se não o tenho suficiente para tanto, nem para pouco, meus pés e minha vontade assumirão seu lugar. Trocarei o conforto de um banho quente por uma barraquinha em frente ao mar. Deixarei meus brothers e irmãos por desconhecidos que nem imagino encontrar. Buscarei meu alimento em árvores em vez de restaurantes. Serei livre. Livre como nunca fui.

Nascerei novamente.

O obstáculo da motivação é o medo. E quando você é dependente só de você, muitos pensam que o medo vence. Mas nada, nada é mais forte do que a sua força, o seu sonho. O mistério que guarda o amanhã é um imã para mim. A filosofia de mundo que tanto reflito são as páginas em branco. E o surf, ah o surf é a veia central que bomba meu coração todos os dias.

Quero que se foda tudo. Por que esse maldito capitalismo a qual tenho tanto desprezo, não será suficiente para derrubar o que um ser humano tem de melhor: viver como quiser a sua vida.

Inspire-se.

3 comentários:

  1. Quebro tudo! Let´s Go!

    ResponderExcluir
  2. porra...sem palavras irmão! essa é a essência...só basta reencontrá-la!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza você vai conseguir realizar esse seu sonho!

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto. Aqui é tudo liberado.